Qual o comprimento máximo e a bitola correta do cabo terra para a soldagem?

O medo mais comum é de que haja um superaquecimento do cabo terra ou se danifique outras estruturas, ou o pior, que cause acidentes quando este é instalado distante da peça a ser soldada. Ou seja, o soldador teme que durante o processo de soldagem o cabo superaqueça.

Em primeiro lugar, para que serve o cabo terra no processo de soldagem?

É importante saber a resposta dessa pergunta, pois ela é chave da dúvida que será respondida.

O cabo terra é responsável por conectar a máquina de solda ao circuito de soldagem. Isso permitirá o fluxo da corrente de soldagem. Tendo o outro cabo conectado do terminal positivo e ao porta eletrodo ou a tocha de soldagem, com o toque do eletrodo ou arame na peça, teremos a abertura do arco voltaico que permitirá a soldagem. Observe a figura 1 abaixo.

Figura 1 – Circuito de soldagem

Distância ideal do cabo terra do ponto de soldagem

Agora que você sabe para que serve o cabo terra e como ele funciona, está na hora de responder a dúvida: Se o cabo for instalado distante do local de solda, há risco de superaquecimento no cabo?

Não há risco de o cabo superaquecer, desde que:

  • se utilize um cabo de solda de cobre com a bitola necessária para a corrente de soldagem que circulará no circuito;
  • se considere o ciclo de trabalho no qual a máquina de solda irá trabalhar;
  • se tenha certeza de que prendeu bem a garra negativa na peça de trabalho e que o ponto de contato seja isento de umidade, ferrugem, tintas e óleo. De preferência, use a lixadeira para limpar a área de contato.

O circuito de soldagem deve ser o mais curto possível e deve se evitar ao máximo que a corrente circule por peças que não façam parte do circuito de soldagem. A corrente elétrica circula entre a garra negativa até o ponto em que estará acontecendo a solda, assim quando há muitas coisas entre o lugar que essa garra for presa, algumas delas podem sobreaquecer com a passagem da corrente elétrica além de prejudicar a soldagem, pois isto aumenta a resistência elétrica do circuito. Use o exemplo de se soldar uma grande estrutura metálica e você prender o cabo terra na base da estrutura e soldar a 10 metros deste ponto. A corrente elétrica terá que passar por toda estrutura até chegar no ponto de soldagem. Isto gera uma grande perda e peças no meio deste caminho podem sobreaquecer além de sobreaquecer os cabos e até mesmo a máquina! Outro exemplo está na soldagem em automóveis. Muitas vezes o soldador prende o cabo terra na parte traseira do carro e solda longe deste ponto. Neste caso, o risco além do aquecimento do cabo, está no dano a peças e circuitos do carro!

Finalizando sobre a utilização do cabo terra

Bem, agora que você entende melhor sobre o cabo obra e sua função, podemos responder a pergunta:

Existe uma melhor distância para se utilizar o cabo terra durante o processo de solda?

Sim! A menor distância possível! E sempre utilizar cabo de solda de cobre com a bitola necessária, consideraro ciclo de trabalho e prender bem a garra negativa.

Ficou alguma dúvida quanto a este assunto? Deixe um comentário e nós responderemos!

Fonte: Alusolda.

Adaptação: Eng. Luciano Fricke